terça-feira, 15 de agosto de 2017

DETRAN/RS ALERTA PARA BOATO SOBRE CANCELAMENTO DA CNH


         Não haverá cancelamento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) após 30 dias do vencimento. O alerta é do Detran/RS após identificar novos boatos circulando em grupos de WhatsApp e redes sociais. A Autarquia esclarece que é falsa a informação sobre nova lei que cancela CNH vencida há mais de 30 dias e que não há em tramitação nenhum projeto propondo alteração do regramento.
       Segundo a mensagem falsa em circulação, um projeto de lei aprovado no Senado cancelaria automaticamente “toda e qualquer CNH com mais de 30 dias de vencimento”. A consequência seria a obrigatoriedade do motorista “cumprir do início todas as provas teóricas e práticas e exames médicos e psicológicos”. A lei passaria a valer em 25 de outubro, prazo que todos os motoristas teriam para se regularizar. Nenhuma dessas informações procede.
    O prazo de 30 dias após o vencimento é o tempo concedido pelo Código de Trânsito Brasileiro para o condutor providenciar a renovação. Se, após esse período, o documento não for renovado, o condutor estará impedido de dirigir até que providencie a renovação, mas o documento não é cancelado. A renovação da CNH pode ser feita a qualquer tempo, sendo necessário somente um curso ou prova de atualização após cinco anos de vencimento.

   O Detran/RS orienta que se verifique a origem da notícia antes de compartilhar informações desse tipo e, em dúvida, busque a confirmação nos canais oficiais dos órgãos públicos. 

DETRAN/RS REÚNE MUNICÍPIOS PARA PLANEJAR SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO




        O Detran/RS promove, nesta sexta-feira (18), um encontro preparatório para a Semana Nacional de Trânsito 2017. Com o apoio da Famurs, o encontro vai reunir representantes de órgãos de trânsito municipais para que planejem atividades a serem desenvolvidas de 18 a 25 de setembro no Rio Grande do Sul. Técnicos da Escola Pública de Trânsito da Autarquia fornecerão orientações pedagógicas para o tratamento do tema deste ano: "Minha escolha faz a diferença no trânsito".
        A reunião acontece em Porto Alegre, das 9h às 12h, no Auditório da Secretaria de Segurança Pública (Rua Voluntários da Pátria,1358, 2º andar). As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo formulário. Entre os temas que serão abordados pelas psicólogas e pedagogas da EPT estão os processos de escolhas na vida e no trânsito, a responsabilidade do condutor com os mais frágeis no trânsito (pedestre, ciclista e motociclista), além dos comportamentos de risco: uso do celular, excesso de velocidade e álcool x direção, também como escolhas.

       A Semana Nacional de Trânsito é um evento anual previsto no Código de Trânsito Brasileiro para estimular o debate sobre temas específicos na área de trânsito. No período de 18 a 25 de setembro, órgãos de trânsito de todas as instâncias devem promover ações, eventos e campanhas para sensibilizar a sociedade e o poder público. O tema é definido anualmente pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). 

Fonte:http://www.detran.rs.gov.br/



URI CAMPUS SANTIAGO PROMOVE III SEMINÁRIO DE TRÂNSITO




Com o slogan Salve Vidas, Reduza a Velocidade, o III Seminário de Trânsito acontecerá dia 18 de agosto das 19h30min às 21h e será gratuito.
Palestrantes:
- Joaquim Omarati - Comandante do pelotão de Operações Especiais do 7º R P Mon, Bacharel em Direito e Pós-Graduado em Segurança Pública
- Renato Alves – Graduado em Direito e Especialista em Direito de Trânsito.
- Luciane Rotth – Graduada em psicologia, Especialista em terapia Cognitivo Comportamental e Planejamento e Gestão de Trânsito.


O evento conta com o apoio da Brigada Militar, CFC Santiago, Conselho Municipal de Trânsito de Santiago e CFC Direção Segura.

QUEM SÃO E ONDE ESTÃO AS VÍTIMAS MAIS FREQUENTES DO TRÂNSITO?




      Dados levantados pelo Centro de Estatística da Seguradora Líder-DPVAT mostram que jovens entre 18 e 34 anos foram os mais impactados. Trata-se de uma importante parcela da população, já que são vítimas em idade economicamente ativa.
          A maioria das indenizações do Seguro DPVAT  foi para jovens de 18 a 34 anos. Eles representam 49% das indenizações = 94.167 pessoas.

          A moto ainda é o veículo que mais gera acidentes, tendo como principal vítima o próprio motociclista. Eles, que representam apenas 27% da frota, concentraram 74% das indenizações.
       A maior parte das indenizações pagas aos motociclistas, 80%, foi para invalidez permanente. Desse total, os jovens de 18 a 44 anos somaram 85.382 pessoas.

       Sobre o horário, a maioria dos acidentes aconteceu entre o período da tarde e parte da noite. A faixa entre 13h e 20h concentrou 45% dos acidentes no primeiro semestre de 2017. Já a região Nordeste ficou com a maior parte das indenizações, 32%, seguida pela Sudeste, com 29%.
       A região Sudeste concentra o maior inúmero de vítimas em acidentes fatais, com 35%, seguida de perto pela região Nordeste, com 31%.

      Viver seguro no trânsito também depende de nós. Hábitos simples podem ajudar bastante, como: o uso do cinto de segurança nos bancos dianteiro e traseiro; no carro, crianças de até sete anos devem usar a cadeirinha; na moto, a idade mínima para transporte na garupa é de 11 anos. Juntos construímos um trânsito melhor! 

     Para acompanhar todos os dados referentes ao primeiro semestre de 2017, é só acessar o nosso Boletim Estatístico, aqui.

Fonte: http://www.viverseguronotransito.com.br/

domingo, 6 de agosto de 2017

CONSELHO DESENVOLVERÁ PROJETO MUNICIPAL PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES

     
     

     O Conselho Municipal de Trânsito do município de Santiago/RS (CMT), visando reduzir a o número acidentes de trânsito, apresenta o projeto de Redução dos Acidentes de Trânsito – Mobilizando a sociedade e promovendo um trânsito mais seguro, que será desenvolvido pelas entidades que compõe o conselho.

Por que?

       Os acidentes de trânsito são responsáveis, dentre as causas externas, pelo maior número de internações, além de representar altos custos hospitalares, perdas materiais, despesas previdenciárias e grande sofrimento para as vítimas e seus familiares, demonstrando o significativo peso econômico e social desse problema.

       Nos últimos cinco anos (2012-2017) ocorreram em Santiago 1.145 acidentes de trânsito com lesões corporais, e 938 acidentes com danos materiais. Só em 2016 foram registrados 398 acidentes. No primeiro semestre de 2017, houve o registro de 194 acidentes, a maioria deles com lesões corporais. Esses dados expressam a relevância do tema que tem demandado uma ação pactuada entre as duas áreas mais diretamente envolvidas com o problema: a saúde e o trânsito.


Quais os objetivos?

1.               Sensibilizar e capacitar a comunidade para a realização de ações de prevenção aos acidentes de trânsito;
2.               Formular, em parceria com órgãos fiscalizadores a proposta de utilização das informações sobre acidentes de trânsito.
3.               Construir banco de dados territorial para identificar locais de maior vulnerabilidade e de risco, bem como subsidiar as ações de intervenção;
4.               Sensibilizar e orientar profissionais da mídia local e representantes de organizações da sociedade civil, comprometidas com as questões de cidadania, para atuarem como agentes multiplicadores de informações sobre prevenção de acidentes;
5.               Mobilizar e capacitar representantes de empregadores e condutores de veículos de grande e pequeno porte;

Quando?

2017 a 2018

Como a comunidade pode ajudar?


        Enviando sua sugestão, reclamação ou pedido de providências para o email: cmtsantiagors@gmail.com, ou na página https://www.facebook.com/Conselho-Municipal-de-Tr%C3%A2nsito-SantiagoRS-106569963370764/

PARTICIPE! INSCRIÇÕES GRATUITAS



JUNTOS PODEMOS FAZER UM TRÂNSITO MAIS SEGURO


     É com enorme satisfação, que o Conselho Municipal de trânsito coloca á disposição da comunidade santiaguense este meio de comunicação.

    Aqui serão postados boletins, informativos, notícias e dicas de segurança, importantes para o trânsito de nossa cidade.

As sugestões de pautas serão sempre bem vindas. Os interessados (as) poderão enviar material (pedidos de providências, sugestões e reclamações) para o e-mail cmtsantiagors@gmail.com.

As reivindicações dos (as) munícipes ganharão espaço durante as reuniões do conselho.

A sua participação é muito importante para que possamos fazer um trânsito mais seguro em nosso município.


PARTICIPE!